CRÍTICA À SAGA HARRY POTTER



Eu fui aquela parva que nunca gostou de ler livros, aliás eu odiava livros e não percebia porque raio é que as pessoas gostavam tanto de ler páginas e páginas que nunca mais terminavam. Bem, talvez tenha sido pelo facto de ter sido obrigada a ler certos livros (sim claro que os "li" todos) durante o meu percurso académico como "Os Maias" e o "Memorial do Convento". Vocês sabem... de certeza que também adormeceram a ler o capítulo do Ramalhete dos Maias. Não? Fui só eu? Okay...


Certo dia encontrei uma frase na internet de uma autora bastante conhecida mundialmente, a J. K. Rowling. Nessa frase ela diz "If you don't like to read, you haven't found the right book" (tradução: Se não gostas de ler, é porque não encontraste o livro certo), e não podia estar mais de acordo! Isto tudo começou quando eu quis começar a ler um livro e houve um que me interessou. Esse livro foi "O Teorema de Katherine" do John Green. Escolhi esse livro porque o título me cativou (sim eu sou dessas também) e na altura, tinha acabado um relacionamento e precisava de algo para me distrair. Mal sabia eu que o tema do livro seria esse mesmo... Nevermind, li o meu "primeiro" livro oficialmente e perguntei-me, "o que vou ler a seguir?", bem a resposta foi quase óbvia porque eu já amava os filmes do Harry Potter.

Fiquei um pouco apreensiva por serem 7 livros e todos eles GIGANTES, mas acabei por adorar cada página lida. E assim, a minha paixão por Harry Potter cresceu ainda mais. Mas afinal, o que é tão mágico sobre esta saga para crianças? É tudo, desde o tema até às lições de vida que neles são detalhados. Tudo foi escrito ao pormenor, e tudo batia certo na minha cabeça.

Comecei a ler o primeiro livro há 1 ano e meio, enquanto ainda estava a tirar a minha licenciatura em Informação Turística. Escolhi ler a saga em inglês porque na minha cabeça, era exatamente como a autora tinha escrito, sem erros de tradução ou expressões traduzidas. Decidi que o que eu queria ler era exatamente o que a autora escreveu. Não me lembro ao certo quanto tempo demorei a ler cada livro, uns demoraram mais que outros mas eu na altura também tinha o meu tempo reduzido por causa da licenciatura. Lia nas horas de almoço e nos transportes públicos (o que era ótimo porque não gastava a bateria do telemóvel nem os dados móveis... eu demorava 5h por dia nos transportes entre a minha casa e a minha faculdade).

Como foi ler a saga?
Ler a saga tornou-se bastante fácil. Apesar de estar a ler em inglês, o vocabulário era simples e mais do quotidiano, não existiam expressões de difícil compreensão nem um vocabulário muito formal. É aquele tipo de livro que faz bem a uma pessoa ler quando está a praticar o seu inglês. Como já disse, demorei algum tempo a ler os 7 livros mais "A criança amaldiçoada" porque estava a fazer uma licenciatura, mas se não estivesse, acho que demoraria menos tempo a lê-los.

O que aprendi com o "Harry Potter"?
Aprendi que nada nasce do nada. Tudo se constrói. É um bocado cliché dizer isto mas é a verdade. A personagem "Harry Potter" cresceu num ambiente agressivo, não que os tios batessem nele, mas verbalmente era mal tratado. Tudo mudou quando descobriu o mundo da magia de Hogwarts.

O que mais me cativou sobre esta história mágica não foi propriamente a magia mas os símbolos e lições que nela são trazidos. Não é por termos tido uma infância complicada que podemos maltratar os outros. O Harry foi um exemplo disso. Ele sempre defendeu os seus colegas e, na minha opinião, a amizade está muito bem retratada na saga. É difícil explicar quando é tudo muito sentido... Contudo, uma das minhas personagens favoritas não é o Harry Potter mas sim o Neville por me identificar com ele em certas partes. Ele nunca teve muita confiança nele próprio, nem eu... Sentia-se excluído de tudo, tal como eu... Mas no final ele conseguiu ter a coragem para mudar o rumo da história. Não querendo dar spoiler mas ele foi o badass que matou a cobra do Quem nós sabemos, uma das últimas horcruxes!!

Livos VS Filmes?
Obviamente prefiro os livros, ainda que os filmes tenham outra magia. Nos livros, está tudo tão mais detalhado, mais explícito, faz mais sentido! Os livros contam-nos como as personagens se sentiam durante todo o percurso, algo difícil de retratar num filme. Toda a história que se passou é retratada com muitos pormenores e até existem personagens importantes na saga que não aparecem nos filmes como a Winky e todas as criaturas que contribuíram para a vitória da Batalha de Hogwarts!

Recomendo bastante a leitura desta saga independentemente da sua faixa etária. Deixem que a magia entre dentro de vocês e espalhem o bem porque de acordo com o Sirius Black "We've all got both light and dark inside us. What matters is the part we choose to action. That's who we really are." (tradução: Todos temos tanto uma luz como uma escuridade. O que importa é com qual decidimos agir. Isso é quem nós realmente somos". 

Gostaram desta publicação? Já leram?
Deixem nos comentários abaixo tudo o que pensam!!

Sem comentários